Biometria

A solução para prova prática do DETRAN, é uma iniciativa da Vsoft. Trata-se do Exame Prático da plataforma SuperPrático, que oferece tecnologias voltadas para o mercado de formação de condutores. O Exame Prático promete transformar a experiência do candidato e do examinador, oferecendo muito mais segurança e agilidade durante a prova.

Com a ajuda das autoescolas, os candidatos em busca da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) passam pela fase de aulas teóricas, realizam a prova teórica e, com a aprovação, iniciam a fase das aulas práticas com a ajuda de um instrutor. E para validar todo o conhecimento adquirido nas aulas, o candidato se submete ao teste prático final, que é aplicado diretamente pelos DETRANs.

Essa avaliação é realizada com o acompanhamento do examinador que, em tempo real, analisa o desempenho do condutor e preenche as informações em uma ficha física (papel) apontando se houve, ou não, aprovação.

E é aí que entra a solução Exame Prático, do SuperPrático, plataforma desenvolvida pela Vsoft, que foi pensada a partir de recursos como segurança da informação, inteligência artificial e telemetria para coleta de dados em tempo real.

Solução para provas práticas do DETRAN

O Exame Prático é uma solução completa que une recursos e equipamentos especialmente para a avaliação do desempenho prático nas provas do DETRAN. Ele atua desde a autenticação dos candidatos até o envio de dados precisos sobre as ações realizadas enquanto a prova está sendo aplicada, permitindo que a execução da prova seja em circuito aberto e/ou fechado.

Além disso, o sistema, baseado em tecnologias avançadas, garante mais segurança por meio de transmissão criptografada de ponta a ponta e melhora a experiência dos envolvidos, já que conta com ferramentas mais precisas de avaliação.

Como explica o engenheiro da Vsoft, Cândido Neto, a ferramenta atua na certificação do processo com a total garantia de que todos os requisitos exigidos pelo próprio DENATRAN foram cumpridos, assegurando uma avaliação prática e bem mais assertiva. Isso traz segurança tanto para o órgão fiscalizador, quanto para o usuário final. Todo o exame terá seu histórico registrado e disponível para consultas posteriores, trazendo mais lisura à prova, esclarece.

Integração com o DETRAN

O Exame Prático funciona integrado aos sistemas do DETRAN. Do ponto de vista cadastral, ou seja, no acompanhamento do cidadão avaliado e do avaliador, os órgãos estaduais contam com a biometria facial para autenticação, além de um sistema eficiente para agendamento dos exames.

Para realizar as provas práticas, o sistema conta com inteligência artificial e sistema avançado de telemetria integrado aos veículos. Os automóveis são equipados com câmera para reconhecimento de semáforos e placas de sinalização na pista de prova, detector de colisão 360º, interpretação dos sinais do veículo para identificação automática de faltas cometidas, além de câmeras internas e externas para acompanhamento do processo.

Telemetria na formação de condutores

A telemetria já é realidade em diferentes nichos de mercado. Em um exemplo mais distante, como na agricultura, as máquinas contam com sistemas de telemetria que enviam dados da operação nas áreas de produção em tempo real para o escritório, facilitando a tomada de decisão.

No caso das provas práticas para obtenção da CNH, o sistema funciona de forma semelhante. Como explicado acima, os carros são equipados especificamente para o bom funcionamento telemetrizado do processo. Ou seja, estamos falando de uma inteligência projetada para fazer a leitura da maior quantidade possível de dados do veículo durante as avaliações.

De posse de todos os dados do veículo, como acionamento do freio, luzes de direção, velocidade, entre outros, o sistema identifica faltas cometidas, inclusive colisões com obstáculos nas etapas de garagem e baliza por meio de sensor projetado pela Vsoft, detalha Cândido Neto.

SuperPrático

O sistema especializado para provas de direção veicular faz parte da linha de produtos do SuperPrático, que são integrados do início ao fim. Por meio do histórico integrado do aluno, o sistema consegue identificar quem está apto, ou não, a avançar para as próximas fases do processo, até chegar ao resultado final. Assim, a tecnologia auxilia as autoescolas e DETRANs também no quesito administrativo, já que facilita a gestão dos dados.

E não deixe de conferir também, as tecnologias Vsoft que modernizaram o processo de formação de condutores.

Success! You're signed up
Oops! Something went wrong while submitting the form.
go  top