Governo digital

Tecnologia permite que o cidadão tenha acesso a nova cédula, que possibilita incluir os dados dos principais documentos pessoais. 

O Governo da Paraíba lançou, nesta quinta-feira (10), o RG Digital, uma versão otimizada do documento de identidade físico que, a partir de agora, pode ser acessado também pelo smartphone. A solução, desenvolvida pela Vsoft, empresa de tecnologia paraibana e parceira neste projeto, é 100% biométrico e busca simplificar a vida do cidadão e garantir mais segurança no acesso aos dados pessoais.

O RG Digital é um aplicativo que transforma o documento físico de identificação em um documento digital, que pode ser acessado pelo celular a qualquer momento, com o objetivo de integrar e padronizar informações pessoais, além de tornar a proteção aos dados de cada cidadão mais assertiva.

Com o lançamento, os paraibanos vão poder acessar a versão digital do documento a partir do download do aplicativo, que nesta primeira fase estará disponível apenas para aparelhos Android. O cadastro se inicia a partir da criação de uma conta pessoal, registrando nome, e-mail e senha e segue com a leitura do QR Code localizado atrás do Documento Nacional de Identificação (DNI), sendo a nova identidade física adotada pelos estados.

A partir da leitura do QR Code, o sistema, que utiliza inteligência artificial, identificação biométrica e cruzamento de dados geridos pelo Estado, realiza a checagem da identidade por meio da confirmação de informações pessoais e da captura da imagem facial, garantindo que o usuário que está acessando o documento no app é, de fato, o detentor dos dados.

Como explica Gisele Zambrano Cordeiro, Product Owner da Vsoft, a preocupação da empresa ao desenvolver o projeto foi entender a necessidade do cliente (Governo e cidadãos) para entregar um produto capaz de gerar valor, facilitar a navegação e garantir a segurança das informações, minimizando os casos de fraude no estado.

“Para isso, nosso sistema utiliza recursos avançados como leitura biométrica e blockchain. E é importante frisar que os QR Codes são individuais e integram uma chave de identificação única para cada usuário. Assim, no ato da impressão da 1.ª via do RG, o cidadão já tem acesso a esse QR Code específico para ativar seu RG Digital e, caso precise emitir uma 2ª via, um novo é gerado”, ressalta Zambrano.

Neste sentido, o cidadão cadastrado no aplicativo se torna parte da chave criptográfica para acesso, ou seja, seus dados biométricos e biográficos são cruciais para a inteligência artificial, fazendo com que burlar esse sistema seja mais difícil.

Fonte da imagem: aplicativo RG Digital PB/ Google Play

Mais documentos em um só lugar

Entre os destaques do RG Digital está a possibilidade de cadastro de uma série de informações úteis para o cidadão, permitindo que 11 números de documentos diferentes sejam integrados e, consequentemente, reduza problemas relacionados à perda de documentos físicos.

Assim, é possível cadastrar dados como CPF, CNH, PIS/PASEP, tipo sanguíneo, certidão de nascimento, carteira de trabalho, carteira de habilitação, título de eleitor, até quatro filiações, dados sobre acessibilidade, certidão militar e, até mesmo, o nome social, trazendo mais inclusão para aqueles(as) que se identificam com outro gênero.

“Estamos falando de um centralizador de informações para o usuário, que agora pode ter todos os seus dados na palma da sua mão. Como hoje vivemos em um mundo totalmente digital, por que não digitalizar a identidade? Portanto, temos um produto que foi pensado para acompanhar essa nova era e para que o usuário tenha confiança e praticidade, ou seja, um aplicativo que realmente será útil e não apenas mais um aplicativo em seu celular”, frisa Gisele.

Benefícios do RG Digital

Além de trazer mais praticidade e segurança para o cidadão, o RG Digital também permite que a administração estadual padronize a forma como os dados são armazenados e protegidos, o que abre espaço para que, em um futuro próximo, a Paraíba possa trabalhar de forma integrada com outros estados, o que também pode significar ganhos significativos para a segurança pública.

A tecnologia também abre alas para melhorias futuras no atendimento ao cidadão no que diz respeito aos serviços públicos e, ainda, pode simplificar a atualização cadastral no relacionamento entre empresas privadas e clientes.

“No processo de eleição, por exemplo, é necessário levar o título de eleitor e um documento com foto. Então, com o RG Digital, não será mais necessário levar dois documentos, já que todas as informações poderão ser consultadas pelo aplicativo. Na prática, a solução pode ajudar a diminuir as fraudes eleitorais causadas por documentos falsos”, esclarece a Product Owner da Vsoft.

Além disso, como a segurança é um item muito importante dessa nova solução, caso o usuário perca seu smartphone, as informações no app não poderão ser acessadas por terceiros, já que, a cada login, o sistema solicita uma nova verificação de identidade.


Conheça mais detalhes sobre as tecnologias por trás do RG Digital na página do Vsoft Certfy.

Author

Posts relacionados

Todos os posts
go  top